sábado, 31 de outubro de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Poeira sacudida

Postado em 9 de outubro de 2020

“Aquele menino ali (o prefeito Daniel Netto Cândido (PSL)), que tenho como irmão, me ensinou que não existe PSL, PSD ou MDB, mas um grupo, uma família. É não é por uma frustração ou um desentendimento, porque não consegui alcançar meu objetivo pessoal, que eu abandonaria a continuação do trabalho” foi parte do discurso da vereadora Rúbia Tamanini (PSL), anteontem, em reunião dos governistas, para dizer que continua alinhada ao projeto do vice-prefeito Pedro Alfredo “Pedroca” Ramos (MDB) e do vereador Almir “Déi do Gás” Peixer (PSL) para a disputa da prefeitura de São João Batista nestas eleições.

Rúbia desde sempre esteve cotada para a vice-prefeitura na chapa situacionista, mas perdeu força na concorrência interna com Peixer, que contava com a preferência do adjunto batistense. Na manifestação, voluntária e surpreendente, ela se mostrou compreensiva e conformada. “Eu entendo. Também tenho a minha preferência. Por exemplo, se eu pudesse escolher com quem formar uma chapa, escolheria o prefeito Daniel”, pontuou.

A vereadora, figura capital do governo na Câmara, esteve resiliente com o agastamento do processo interno, desistiu de concorrer à reeleição no Legislativo e chegou a ser especulada na oposição. Mas pôs uma pedra sobre o braseiro, subiu nela e decidiu falar. “Se em abril o Pedroca era bom para ser o prefeito, por que agora, em outubro, teria deixado de ser? Retidão, ética e respeito é o que vocês terão de mim. Contem comigo”, finalizou.

Apoio irrestrito

Postado em 19 de agosto de 2020

Antes receosa, a deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT) parece, enfim, confiante no projeto brizolista em Tijucas. Ela pretendia que o partido fosse aliado de Eloi Mariano Rocha (PSD) nestas eleições, mas voltou atrás, em reunião com correligionários locais, segunda-feira (17), e sublinhou apoio irrestrito à postulação de Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) e Paulo Roberto Severiano (PSL) à prefeitura.

Paulinha se aproximou de Mariano Rocha nas eleições de 2018, quando o mandatário tijuquense destacou membros do governo para a campanha da ex-prefeita de Bombinhas ao parlamento catarinense; mas, recentemente, se frustrou com o grupo governista nas negociações fracassadas com a cúpula estadual do PSL — com quem, nos últimos tempos, a deputada criou relação estreita.

Nova agenda

Postado em 27 de janeiro de 2020

Assessor de imprensa do senador Jorginho Mello, o jornalista Maurício Locks contata o Blog para endossar a nota “Encontro liberal” — sobre a ausência do presidente estadual do PL em evento do partido, quarta-feira (22), em Canelinha, por conta de um compromisso de última hora em Brasília — e informar que o congressista catarinense já solicitou uma nova agenda na Cidade das Cerâmicas.

O evento, que teria a participação do senador como ápice, foi frustrado com a notícia do cancelamento da visita. A presidente municipal do PL, professora Patricia Borati, e o vereador e pré-candidato a prefeito Antônio Carlos Flores (ainda no PSDB, mas prestes a se filiar no PL) não esconderam o incômodo com o revés durante todo o encontro.

Sem aclamação

Postado em 7 de janeiro de 2020

O diretório estadual do PP aprovou, e o ex-prefeito Antônio da Silva se posicionou, oficialmente, como pré-candidato ao cargo máximo do município nas eleições deste ano em Canelinha. Com o aval da cúpula progressista em Santa Catarina nas mãos, ele convocou reunião com a representação municipal do partido, no fim de dezembro, para comunicar a postulação à prefeitura.

A intenção era que os correligionários locais aclamassem a pré-candidatura, mas o vereador Abel Grimm (PP) frustrou as expectativas do ex-mandatário. “Também sou pré-candidato a prefeito. Tenho defendido o partido na Câmara e tenho esse direito”, pontuou o parlamentar, sob olhares atônitos dos presentes, enquanto Silva discursava. A assembleia teve um fim inesperado; sem aclamação e, por ora, sem definição do representante do PP no pleito majoritário.

Orgulho e frustração

Postado em 27 de agosto de 2019

Vencido por dois sets a zero (6-3 e 6-4) na primeira eliminatória — quartas de final — do tênis quad, nos Jogos Parapan-americanos de Lima, no Peru, agora à tarde, o tijuquense Ymanitu Silva teve a sensação de que a sorte não ajudou. Especialmente no chaveamento, que o colocou contra o estadunidense David Wagner, segundo no ranking mundial e, obviamente, o adversário mais difícil do torneio.

Embora tenha lutado bravamente, e, por vezes, estado à frente do placar, Many sucumbiu à qualidade do rival. O choro, logo após a partida, no abraço da amiga Rejane Cândida, que compete no naipe feminino, evidenciou a frustração.

Mas a raquete não deve ficar por muito tempo no case. Porque as Paralimpíadas de Tóquio, em 2020, estão batendo na porta.

Novo e caro

Postado em 4 de junho de 2019

Não foram poucos os contatos, em Tijucas e cidades vizinhas, para a formalização de um diretório municipal do Partido Novo, alavancado por João Amoêdo na eleição presidencial de 2018. Todos, no entanto, frustrados. Os interessados logo desanimam com a principal exigência da legenda: ter, pelo menos, 150 filiados que contribuam, cada um, com R$ 30 mensais – uma vez que o NOVO tem como diretriz a dispensa de recursos do fundo partidário.

Na Capital do Vale, um grupo de jovens idealistas chegou a insistir nas conversas, mas, diante do empecilho, declinou. “De graça, já seria muito difícil conseguir 150 filiados. Se disser que tem que pagar R$ 30 por mês, então…”, lamenta um dos envolvidos no projeto.

Enfezados

Postado em 22 de fevereiro de 2018

Vice-presidente do Patriota em Tijucas, Edjalma Silva Matos contata o Blog para informar que apenas seis agremiações políticas das 15 que compuseram a aliança vitoriosa nas eleições municipais de 2016 continuam em conformidade com a administração municipal. “Nove partidos, no nosso grupo, foram abandonados. Estamos todos muito frustrados”, conta.

De acordo com Matos, o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) teria assumido compromissos na coalizão da campanha que não cumpriu. O vice-presidente garante que mesmo aqueles que participam do governo – a exemplo do presidente municipal do Patriota, Renato Sartori, lotado na chefia do Departamento de Estrada de Rodagem e Transportes, e do presidente do PV, Narbal Andriani Júnior, chefe do Departamento de Meio Ambiente – não estão satisfeitos. “Pessoas muito menos qualificadas têm cargos e, especialmente, salários bem melhores que os dos nossos. Outro caso é o do Devitte (Edenilson Amaro, presidente municipal do PPS), que também não teve chance na administração”, reclama.

DE SAÍDA

Consultado, Narbal Andriani Júnior chancela a queixa. “Havia a promessa de instituírem a Fundação do Meio Ambiente em Tijucas, a partir do governo municipal. Era um compromisso que tinham comigo e que não cumpriram. Estou de saída”, revela o oceanógrafo, chefe do Departamento de Meio Ambiente, subordinado à Secretaria de Agricultura, Pesca e Meio Ambiente do município.

Andriani Júnior já redigiu a carta de exoneração, e deixa o cargo em 2 de março próximo. “Quero voltar a viajar de bicicleta”, diz o aventureiro que cortou continentes montado na bike e ganhou projeção nacional por conta das epopeicas jornadas mundo afora.

Ciclo interrompido

Postado em 8 de fevereiro de 2018

Prejuízo e frustração para dezenas de amigos e fãs do aclamado Nando Kruscinscki, ontem, em Tijucas. Anunciado como atração da noite no Benquisto Hamburgueria & Pub, o artista – que ganhou notoriedade na extinta Banda Uniclãs e conquistou uma legião de admiradores no Vale e Costa Esmeralda – simplesmente não compareceu ao compromisso. A decepção foi unânime.

Não é a primeira vez; e certamente não será a última. O estilo de abnegação e desprendimento com que o músico – seguramente, um dos maiores e mais completos que a região já revelou – administra a vida e a carreira vem, sistematicamente, descreditando e folclorizando a arte irrepreensível que ele assina.

Cartelas vazias

Postado em 8 de agosto de 2017

Promotores do bingo em benefício da revitalização da sede do Esporte Clube Renascença, sábado (5), no Parque de Eventos Zé Grande, não escondiam a decepção com a langorosa participação dos moradores da Praça e torcedores do clube no evento. Dos cerca de 5 mil habitantes do bairro, sequer 1% esteve presente – apesar da variedade e qualidade dos prêmios oferecidos na concorrência, não bastasse a causa.

A frustração ficou externada, inclusive, pelos microfones. Nem as justificativas, de que uma caravana de moradores da Praça viajou para Aparecida do Norte, em São Paulo, amenizou o clima de insatisfação. Pois, então?!

Frustração

Postado em 5 de abril de 2016

O vereador Eduardo Furtado (PSB) está soltando fogo pelas ventas. Tudo porque seu principal correligionário, ex-vereador Zulmar Simas (PSB), aceitou o convite do prefeito Antônio da Silva (PP) e assumiu a Secretaria de Obras e Serviços Urbanos de Canelinha no lugar de Francisco Honorato Cardoso Filho, o Chico (PSD), que voltou à vereança com vistas na reeleição.

Furtado ansiava ter seus combatentes a postos para confrontar o prefeito e alcançar, na pressão, apoio para seu projeto de candidatura na concorrência majoritária deste ano. Agora, com Simas no governo, enredado nos planos do alcaide, o que já era difícil ficou praticamente impossível para o presidente da Câmara.