quinta-feira, 13 de janeiro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Coluninha | 13-01-2022

Postado em 13 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

RETORNO

A prefeitura de Tijucas informou, hoje, que o Posto de Identificação — que faz o encaminhamento dos RGs — retoma o expediente nesta sexta-feira (14), em horário normal. Os atendimentos no setor haviam sido suspensos em razão de servidores infectados por Covid.

Mais cedo, porém, a administração municipal emitiu comunicado para dizer que apenas um caso positivo foi registrado e que todos os agendamentos de amanhã em diante serão mantidos.

FESTA PARTICULAR

Presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) em Tijucas, o empresário Daniel Luz, da rede de lojas Fitland e da Tendência & Design, vai comemorar aniversário neste sábado (23) cercado de amigos como tem feito anualmente. Organizou, com grupo no WhatsApp e lista VIP, uma festa particular com atrações diversas para convidados especiais.

DEDO NA FERIDA

O vice-prefeito de São João Batista, Almir Peixer (PSD), disse, em entrevista à Rádio Clube, que nunca houve assistência social de verdade no município antes da gestão de Rúbia Alice Tamanini Duarte na pasta — que enfrentava problemas internos com o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) e seu grupo político, e pediu exoneração do cargo na semana passada — e que ela “foi humilhada pelo próprio time”.

Peixer, assim como a ex-secretária, também manifesta lealdade ao ex-prefeito Daniel Netto Cândido (sem partido); e, muito provavelmente, se não medir o que diz, pode ser o próximo a provocar a ira do atual mandatário e seus conselheiros.

TERCEIRA TEMPORADA

Talk show com personalidades da política e da sociedade que tenham relação direta com o Vale do Rio Tijucas e com a Costa Esmeralda, o programa LINHA DE FRENTE, que o colunista apresenta na VipSocial TV reestreia em nova temporada na próxima quinta-feira (20).

O vice-prefeito de Tijucas, Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD), que cumpriu 30 dias, em dezembro, na chefia do Executivo municipal, vem para a primeira entrevista do ano.

Rescisão e hombridade

Postado em 10 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Além da habilidade e da competência demonstradas em ações de repercussão nacional no comando da pasta, a ex-secretária municipal de Assistência Social do município de São João Batista, Rúbia Alice Tamanini Duarte, comprovou mais um valor, semana passada, quando pediu exoneração do cargo: a hombridade. Independentemente dos resultados alcançados, ela vinha sofrendo um processo de fritura interna desde que o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) sugeriu mudanças no colegiado para a virada do ano. Pesava contra a gestora, desde que assumiu o posto, a lealdade ao ex-prefeito Daniel Netto Cândido (sem partido), atual secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social e pretenso candidato ao parlamento catarinense nas próximas eleições.

O clero governista tenta de todas as formas, apesar do apoio de Cândido no pleito de 2020, exorcizar o fantasma do antecessor na atual gestão do município. E, inclusive, vem anunciando apoio a outro postulante ao Legislativo estadual: o deputado Jerry Comper (MDB), que vai concorrer à reeleição. Nesta conta, evidentemente, sobram todos aqueles que manifestam proximidade e alguma gratidão ao ex-prefeito.

ISOLAMENTO

Ao tempo em que o município de São João Batista protagonizava um projeto piloto do governo federal e Rúbia recebia convites para audiências com o presidente da República e ministros em Brasília, a troca de comando na Assistência Social era dada como certa e discutida sistematicamente nos bastidores da gestão municipal. A pressão política e a hesitação constante do prefeito acerca do assunto minaram a relação e culminaram no pedido de exoneração. Na quarta-feira (5), a então secretária se despediu da equipe e anunciou a saída do cargo nas redes sociais.

Na manhã seguinte, o prefeito em exercício Almir Peixer (PSD) anunciou a servidora efetiva Naldir da Silva Alexandre — que já estava definida como substituta desde outubro de 2021, conforme antecipou o Blog sob o título “Ebuliçãopara a gestão da pasta.

Antes do fim

Postado em 26 de novembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A secretária municipal de Assistência Social de São João Batista, Rúbia Alice Tamanini Duarte, tem agenda com o presidente Jair Messias Bolsonaro na próxima semana.

Regente de um projeto piloto do governo federal — para inclusão de beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada) no Auxílio-Inclusão — na Capital Catarinense do Calçado, ela e a bacharel em Direito e pós-graduanda em Ciências Criminais Andrielly Raimundo, que é cadeirante e atendida pelo programa, serão recepcionadas pelo chefe da Nação em Brasília, dia 3 de dezembro.

RESULTADOS E POLÍTICA

As vitórias e conquistas, e especialmente o reconhecimento em esferas superiores, no entanto, não garantem a continuidade de Rúbia no governo batistense. O prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) vem anunciando mudanças no colegiado, e a gestora da Assistência Social do município deve assinar a rescisão no fim do ano.

Pesa contra ela o fato de ser próxima do ex-prefeito Daniel Netto Cândido (sem partido), secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social e prenunciado postulante à Assembleia Legislativa nas eleições de 2022, de quem a atual administração municipal surpreendentemente decidiu se afastar.

Ebulição

Postado em 8 de outubro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A inconstância do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) não se limitou à campanha. A fama de ter uma opinião pela manhã e outra completamente avessa à tarde seguiu com o chefe do Executivo batistense para a gestão do município.

Ele planejava exonerar todo o colegiado no fim do ano, e recontratar apenas quem merecesse — por competência ou afinidade política; mas já esteve decidido a realizar apenas seis trocas. Na semana passada eram três mudanças; e nesta, teria confessado aos mais próximos que talvez mexesse em uma secretaria somente.

PRESSÃO

De fato, é que Pedroca tem sido pressionado. Parte da cúpula emedebista estaria exigindo mais autonomia e menos espaço para adeptos do antecessor, Daniel Netto Cândido (PSL), atual secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social e provável candidato a deputado estadual nas eleições de 2022.

Nessa conta, a dispensa da secretária de Assistência Social do município, Rúbia Alice Tamanini Duarte (PSL), figura mais próxima do ex-prefeito no atual governo, tem cotação máxima. E a substituta da pasta, inclusive, já teria sido definida: a servidora efetiva Naldir da Silva Alexandre.

Piloto

Postado em 10 de setembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

São João Batista foi o município brasileiro escolhido para receber um projeto piloto do governo federal, encabeçado pelo Ministério da Cidadania, por meio da Secretaria Nacional de Assistência Social, para inclusão de beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada) no Auxílio-Inclusão. Uma comitiva formada por representantes do Poder Público batistense e da iniciativa privada foi a Brasília para conhecer detalhes da iniciativa, que tem como foco a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

O grupo — com a secretária municipal de Assistência Social, Rúbia Alice Tamanini Duarte (E), na dianteira — foi recepcionado pelo ministro da Cidadania, João Roma Neto (D), pela secretária nacional de Assistência Social, Maria Yvelônia, e pelo diretor nacional de Benefícios Assistenciais, André Rodrigues Veras.

 

COMO FUNCIONA?

O projeto piloto é voltado a beneficiários atuais do BPC. E, ainda, a quem recebeu o benefício nos últimos cinco anos e exerça atividade remunerada de até dois salários mínimos. Sendo incluída no mercado de trabalho, a pessoa receberá o salário da atividade que exerce e o valor do Auxílio-Inclusão (correspondente a meio salário mínimo). Caso a relação de trabalho termine, o beneficiário pode solicitar ao INSS a reativação do BPC.

A proposta deve ser implementada em etapas no município, por intermédio da administração municipal e operacionalização da secretaria de Assistência Social em parceria com a iniciativa privada.

Cobertor curto

Postado em 12 de julho de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O vereador governista Marcelo Teodoro Adão (MDB) não gostou de ter negados pela Secretaria Municipal de Assistência Social dois edredons que seriam encaminhados a famílias carentes de São João Batista. E fez questão de publicitar a insatisfação no encontro com a secretária Rúbia Alice Tamanini Duarte, na Câmara, durante a prestação de contas da pasta. “Fiquei decepcionado com a senhora. Fizeram pouco caso”, disse o parlamentar nas tribunas do Legislativo.

A secretária preferiu não se manifestar sobre o caso. Nem no embate com Adão, e nem depois. O que gerou desconforto no paço e motivou a intervenção do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB). Ao Jornal Correio Catarinense, o chefe do Executivo batistense disse que “os dois erraram” e que convocaria ambos para uma conversa sobre o assunto e poria um ponto final na polêmica.

Reconhecimento

Postado em 9 de abril de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os préstimos da ex-vereadora Rúbia Alice Tamanini Duarte (PSL) na Câmara Municipal continuam sendo reconhecidos. Ela compõe, desde ontem, uma seleta lista de nove catarinenses convidados a ministrar cursos de qualificação para parlamentares e assessores com intermédio da Escola do Legislativo, vinculada à Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina). Na região, entre Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda, somente a batistense recebeu esse chamado.

O trabalho, porém, não impede que Rúbia siga no comando da Secretaria Municipal de Ação Social, cargo que assumiu no início de fevereiro. O curso, ministrado além do expediente do município, objetiva, sobretudo, a formação política dos agentes públicos, além do fortalecimento da administração pública e do aprimoramento na atuação parlamentar.

Honra ao mérito

Postado em 5 de fevereiro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A ex-vereadora Rúbia Alice Tamanini Duarte (PSL), que não se recandidatou ao Legislativo em 2020 — e, para grande parte dos batistenses, jamais poderia ter deixado a vida pública —, foi, enfim, contemplada no governo do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), em São João Batista. Ela assume, a partir de hoje, a Secretaria Municipal de Assistência Social.

O chamado foi feito ontem à tarde, o convite oficializado hoje pela manhã, e o anúncio, pelo próprio chefe do Executivo, em seguida. Rúbia substitui Elizabeth Lofhagen Severino, que comandou a pasta por apenas um mês e decidiu se dedicar à iniciativa privada, com a abertura de uma loja de cosméticos na cidade.

Desistências

Postado em 24 de setembro de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Braço direito do prefeito Daniel Netto Cândido (PSL) na Câmara de São João Batista, a vereadora Rúbia Tamanini Duarte (PSL) não vai concorrer à reeleição. Tinha situação confortável, e era nome praticamente certo para a próxima legislatura; mas declinou da disputa, surpreendentemente.

Cotada para a vice-prefeitura na chapa governista, que indicou o também vereador Almir Peixer (PSD) para a vaga, ela já havia liberado apoiadores e cabos eleitorais para acompanharem outro pré-candidato à vereança, de quem é muito próxima, e não quis voltar atrás. Preferiu manter a palavra e se afastar da concorrência.

TIJUCAS

Outra baixa na disputa, mas em Tijucas, é a do vereador Cláudio Tiago Izidoro (PP). Decidiu que não vai concorrer no pleito que se avizinha e que pretende, assim que terminar o mandato, se dedicar integralmente à carreira profissional, na construção civil e montagem industrial.

Ex-secretário de Obras, de Agricultura e diretor da Ditran (Diretoria de Transito e Transportes) em governos anteriores, Izidoro deve cumprir a campanha apenas como apoiador do projeto governista, com o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e o engenheiro Sérgio Fernandes Cardoso (PSD) na disputa majoritária.

“Não nascemos colados”

Postado em 28 de julho de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O compromisso do prefeito Daniel Netto Cândido (PSL) com o MDB para o pleito majoritário de São João Batista não foi acordado com a líder do governo na Câmara, vereadora Rúbia Alice Tamanini Duarte (PSL). Em entrevista ao Linha de Frente, na VipSocial TV, quinta-feira (23), ela deu a entender que poderia seguir um caminho paralelo ao do chefe do Executivo municipal nestas eleições. “Não nascemos colados”, revelou, com exclusividade.

A parlamentar falou, ainda, da concorrência na coalizão governista para a indicação do candidato a vice-prefeito, da mudança de partido e das possibilidades da eleição. “Me sinto muito preparada”, disse, para justificar o rótulo — já publicamente abdicado — de pré-candidata a vice-prefeita. Assista à íntegra do programa:

Programa de entrevistas no formato talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o Linha de Frente vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.