quinta-feira, 30 de maio de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Sete chaves

Postado em 2 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Internet

O recém-empossado presidente do MDB de Canelinha e suplente de vereador, Adair da Conceição Lopes Filho, o Dica, evita falar publicamente sobre as movimentações do partido, visando o pleito municipal que se aproxima.

Em atenção ao Blog, o emedebista se limitou a dizer que o grupo “está trabalhando”. Embora tenha, recentemente, confirmado que havia o interesse da militância “cola-preta” em aderir ao projeto do UNIÃO BRASIL, Lopes Filho, agora, prefere não revelar os bastidores das conversas.

“Estás querendo saber demais”, respondeu, de maneira peculiar, ao contato. As tratativas, dizem, seguem em andamento. Mas, a depender do presidente do MDB canelinhense, as novidades serão apresentadas somente no futuro. “Vai saber na hora certa”, pontuou.

Movimento liberal

Postado em 24 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Embora tenha dito publicamente que ficaria sem partido até o fim das eleições municipais de outubro, a prefeita Nilza Simas, de Itapema, assinou ontem, com aval do ex-presidente da República, Jair Bolsonaro, a ficha de filiação ao PL.

A mandatária, desde janeiro, já flertava com a legenda. Mas, antes, deixou o PSD – partido que integrou durante os mais de sete anos de gestão -, após divergências com lideranças do partido, mais precisamente, com o deputado estadual, Júlio Garcia, e o prefeito de Chapecó, João Rodrigues.

O último, aliás, teria, em uma reunião informal, anunciado o construtor Clóvis da Rocha Júnior, filho do ex-prefeito Clóvis da Rocha, como pré-candidato peessedista à sucessão. Entretanto, Nilza sempre garantiu que o candidato teria que pertencer ao grupo que administra a cidade atualmente.

Além disso, a prefeita defendia que os candidatos a prefeito e vice deveriam ser quem estivesse em primeiro e em segundo, respectivamente, nas pesquisas de intenção de voto. O que daria, aliás, vantagens para o vereador Carlos Alexandre “Xepa” de Souza Ribeiro (PL) e para o secretário de Sáude, Alexandre Furtado Kons dos Santos (UNIÃO).

Com a desavença, a mandatária deixou o partido e passou, em incursões públicas, a dizer que aguardaria o resultado das eleições para definir o futuro. Entretanto, ontem, em um jantar na vizinha Balneário Camboriú, confirmou a ida para as fileiras liberalistas. O movimento, a propósito, tem vistas nas eleições gerais de 2026, já que a itapemense pretende concorrer a uma cadeira no parlamento catarinense.

Baixas certas

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Prefeitura de Canelinha

Os efeitos das saídas provocadas pela chegada do prazo de desincompatibilização já podem ser sentidos em Canelinha. O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL) já sabe que perderá três de seus secretários, além de outros servidores do segundo escalão.

No primeiro, as baixas confirmadas são as dos secretários Martinho Luiz Tomazzia (PL), de Agricultura, e Daniel José Pereira (PL), de Assistência Social, e o coordenador da Comutran (Coordenadoria Municipal de Trânsito), Sílvio Reis (PL).

Pelo menos outros cinco nomes que integram o segundo escalão já se despediram das funções ou se preparam para esvaziar as gavetas. Entre eles, a coordenadora de Cultura, Janaira Reis (PSD), o diretor da Comissão Municipal de Esportes, José Calbuch Júnior (PSD), o diretor da Intendência do Moura, Clodoaldo Mafra (PL), o chefe de departamento da Secretaria de Obras, Valdeci Nunes Filho (PSD) e o coordenador de Transportes, Jackson Miguel Machado (PL).

CONVERSAS ABERTAS

Com exclusividade ao Blog, o mandatário canelinhense revelou, ainda, que outras situações estão sob análise. Uma delas, aliás, é a da secretária de Saúde, Vanilda Rebelo (PL), que já se manifestou publicamente sobre a vontade de concorrer no pleito que se aproxima. Reuniões para tratar o tema estão marcadas para os próximos dias.

Pré-candidatíssimo

Postado em 13 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

A predisposição do vice-prefeito Sérgio Fernandes Cardoso (PSD), de Tijucas, em concorrer ao cargo de prefeito, no ano que vem, parece mais clara do que nunca. Tanto que agora, publicamente, o adjunto se apresenta como pré-candidato do grupo governista.

“Sem dúvida alguma. Será o maior prazer da minha vida”, disse, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, dias atrás. Para a disputa, Cardoso afirma, ainda, que conta com o apoio do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD).

“O Eloi é um homem trabalhador. Ele mudou a nossa cidade. As obras estão aí, na Educação, na Saúde, na Infraestrutura… Hoje, ele deve ter uma aprovação de mais de 80%. Quem não quer um homem desse junto?”, explicou.

CHAPA DOS SONHOS

Embora pareça, de cara, inviável, devido ao enfrentamento que as legendas devem fazer nas eleições de 2024 em várias cidades de Santa Catarina, em Tijucas, Cardoso gostaria de unir PSD e PL.

“Eu gostaria do PL e do governador Jorginho Mello na composição. O importante é saber a hora certa, mas depende do partido”, ponderou.

Bola murcha

Postado em 20 de julho de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O ex-vereador Juarez Soares (CIDA), de Tijucas, aproveitou a polêmica para responsabilizar publicamente a gestão do município pelos recentes acontecimentos que culminaram em dois cancelamentos de rodadas do Campeonato Municipal de Futebol Amador em um período de 15 dias. Desde que cortou relações com o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), as críticas do ex-parlamentar têm sido cada vez mais severas contra o governo que um dia defendeu na Câmara.

Do gramado do Estádio Cornélio Martins, onde ocorreria o jogo de volta das semifinais, entre União e AV 13, o ex-presidente do Poder Legislativo gravou um vídeo lamentando o episódio. “O campeonato é considerado um dos melhores de Santa Catarina, mas, neste ano, infelizmente, não é isso que vem ocorrendo”, comentou.

A frase do saudoso ex-vereador e ex-vice-prefeito de Tijucas, Nilson Carlos de Oliveira, o “Nilson da Farmácia”, não foi esquecida na gravação. “Que pena, Tijucas”, bradou Soares.

DEBANDADA

A competição foi temporariamente suspensa após três dos quatro clubes semifinalistas encaminharem à Fundação Municipal de Esportes um documento comunicando que não participariam dos jogos e alegando omissão no julgamento do Esporte Clube Itatiaia, o único da competição que não assinou o ofício.
Eles exigem a exclusão do time de Oliveira do campeonato.