sexta-feira, 12 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Três baixas

Postado em 8 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Dentre as especuladas e prováveis nove saídas do governo Eloi Mariano Rocha (PSD), com base no calendário eleitoral estabelecido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), apenas três delas foram confirmadas.

O Blog, semana passada, havia antecipado que o número seria abaixo do esperado. Afastaram-se das funções e devem concorrer novamente ao Legislativo os agora ex-secretários de Saúde, Vilson José “Tem” Porcincula (PP), e de Obras, Vilson Natálio “Vilsinho” Silvino (PP), e o ex-superintendente da FME (Fundação Municipal de Esportes), Ezequiel de Amorim (PSD).

Mariano Rocha, a propósito, já definiu e nomeou os substitutos. As escolhas não surpreenderam, já que o mandatário optou por realocar os “braços-direitos” dos ex-comandantes em cada pasta. São os casos de Josiane de Amorim, na Saúde, Loisiane dos Santos, em Obras, e Osmar “Marinho” Adriano Filho, na FME.

Janela fechada 

Postado em 8 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O fechamento da janela de filiações partidárias, na última sexta-feira (5), mostrou que houve grande revolução no parlamento tijuquense durante o período. O PSD, que outrora tinha absoluta maioria, agora divide as atenções com o PL. 

A legenda que, aliás, administra o município há pouco mais de sete anos, elegeu cinco representantes. Entretanto, perdeu um parlamentar e conta, agora, com quatro nomes: Rudnei de Amorim, Nadir Olindina Amorim, Paulo César “Frango” Pereira e Claudemir “Bigodinho” Correa

Já o PL, que sequer era representado na Câmara, foi alçado ao topo da lista, com as recentes filiações de Fernando Fagundes, Erivelto Leal “Danone” dos Santos, Esaú Bayer e Ecio Hélio “Ecinho” de Melo

Outro partido que também inexistia no Legislativo tijuquense era o UNIÃO BRASIL. A dupla Maurício Poli e Cláudio de Oliveira, responsáveis pelo pontapé do projeto, recebeu, no último dia, a companhia de José Roberto “Betinho” Giacomossi, que deixou o PSD. 

TRADIÇÕES ENFRAQUECIDAS 

Dois dos mais tradicionais movimentos políticos brasileiros e rivais históricos em Tijucas, MDB e PP, sofreram duras baixas no quadro de vereadores. O primeiro chegou a ficar, momentaneamente, sem um parlamentar sequer. Fato mudado pela adesão de Cláudio Eduardo de Souza, também nos momentos finais. 

Os Progressistas, integrantes da bancada governista, elegeram três representantes. Com duas saídas, uma para o UNIÃO e outra para o PL, restou a Maickon Campos Sgrott a missão de retratar as ideias da legenda. 

ZERADOS

O PDT, em 2020, surpreendeu e desempenhou papel de protagonismo nas eleições, na condição de “terceira via”. Passados quase quatro anos, a legenda perdeu as duas representações no Legislativo. Situação semelhante a do PSB, que chegou a presidir a Casa do Povo, mas que também voltou à estaca zero.

Hora do adeus 

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O prazo para a desincompatibilização de quem ocupa uma secretaria municipal e pretende, em outubro, concorrer a uma cadeira na Câmara de Vereadores, termina no próximo sábado (6), exatos seis meses antes do pleito municipal. 

As previsões e especulações iniciais indicavam que Tijucas teria, nesta data, uma série de saídas. O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), desde o início do ano, já listava as prováveis baixas e, principalmente, os nomes para substituição. O Blog apurou, em janeiro, que nove exonerações eram cogitadas pelo mandatário. 

Entretanto, restando poucos dias para a definição, alguns dos secretários ainda não bateram o martelo sobre a candidatura. O Blog, porém, confirmou que o número deve ser menor do que o previsto e, servidores do alto escalão, que tinham as candidaturas dadas como certas, optaram por seguir no comando das pastas. 

Os indecisos, aliás, têm encontros marcados com o mandatário tijuquense, nos próximos dias, para avaliar prós e contras, e definir o futuro. Enquanto isso, aves sedentas por informações seguirão sobrevoando o paço municipal para municiar o Blog com notícias precisas.

Baixas certas

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Prefeitura de Canelinha

Os efeitos das saídas provocadas pela chegada do prazo de desincompatibilização já podem ser sentidos em Canelinha. O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL) já sabe que perderá três de seus secretários, além de outros servidores do segundo escalão.

No primeiro, as baixas confirmadas são as dos secretários Martinho Luiz Tomazzia (PL), de Agricultura, e Daniel José Pereira (PL), de Assistência Social, e o coordenador da Comutran (Coordenadoria Municipal de Trânsito), Sílvio Reis (PL).

Pelo menos outros cinco nomes que integram o segundo escalão já se despediram das funções ou se preparam para esvaziar as gavetas. Entre eles, a coordenadora de Cultura, Janaira Reis (PSD), o diretor da Comissão Municipal de Esportes, José Calbuch Júnior (PSD), o diretor da Intendência do Moura, Clodoaldo Mafra (PL), o chefe de departamento da Secretaria de Obras, Valdeci Nunes Filho (PSD) e o coordenador de Transportes, Jackson Miguel Machado (PL).

CONVERSAS ABERTAS

Com exclusividade ao Blog, o mandatário canelinhense revelou, ainda, que outras situações estão sob análise. Uma delas, aliás, é a da secretária de Saúde, Vanilda Rebelo (PL), que já se manifestou publicamente sobre a vontade de concorrer no pleito que se aproxima. Reuniões para tratar o tema estão marcadas para os próximos dias.

União oficial

Postado em 18 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Os vereadores Maurício Poli e Cláudio de Oliveira assinarão, logo mais, suas fichas de filiação ao União Brasil. A dupla, já há muito tempo, flertava com as saídas do PSB e PP, respectivamente, e participava, mesmo que nos bastidores, do grupo criado recentemente na Capital do Vale.

Um evento deve chancelar a adesão dos parlamentares tijuquenses, com a presença das duas mais expressivas lideranças do UNIÃO-SC: o presidente da legenda no Estado e deputado federal Fábio Schiochet e o ex-prefeito de Florianópolis e candidato a governador pelo partido em 2022, Gean Loureiro.

Estarão presentes, ainda, o trio que compõe a bancada do partido na Assembleia Legislativa catarinense: Jair Miotto, Sérgio Guimarães e Marcos da Rosa. O encontro está marcado para às 18h44 na Associação Jardim Porto Belo.

Vagas abertas

Postado em 2 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

2024 mal começou e muitos prefeitos da região já começam a refletir sobre as possíveis – ora prováveis – mudanças nos comandos das secretarias municipais, com a aproximação do prazo de desincompatibilização, visando as eleições de outubro.

Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, aliás, deve ter uma grande lista de saídas, já que boa parte do secretariado está entre os pré-candidatos, sobretudo ao Legislativo, sendo necessário, então, a saída até o fim de abril.

Vilson José “Tem” Porcíncula (Saúde), Ezequiel de Amorim (FME), Luiz Rogério da Silva (Samae), Bianca Bibiani Machado (Assistência Social), Odirlei Resini (Agricultura), Paula Regina da Silva (Cultura), Jean Carlos de Sieno dos Santos (Desenvolvimento), Vilson Natálio da Silva (Obras) e Maria Edésia da Silva Vargas (Procon) estão entre os nomes do grupo governista para a disputa. Destes, alguns já definiram e optaram pela candidatura, enquanto outros ainda devem avaliar o cenário.

Mais saídas

Postado em 8 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Os olhares mais atentos às portarias da administração municipal de São João Batista notaram, ontem (7), as saídas do diretor-executivo, Anderson Duarte (MDB), e da diretora administrativa, Flaviani Reinert Voltolini, do Sisam (Serviço de Infraestrutura, Saneamento e Abastecimento de Água Municipal).

Nesta sexta-feira (8), entretanto, o Poder Executivo confirmou que o emedebista pediu exoneração do cargo. Em nota, aliás, o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) agradeceu Duarte pelos serviços prestados e desejou “sucesso no Legislativo”.

A saída da autarquia e retorno à Câmara acontece, justamente, no momento de maior tensão do governo municipal. A CPI dos Combustíveis investiga possíveis irregularidades no abastecimento da frota da prefeitura, além de outra investigação paralela no Ministério Público de Santa Catarina.

INTERINO

O mandatário batistense anunciou, ainda, um substituto temporário. O secretário municipal de Infraestrutura, Gélio de Oliveira, passará a responder interinamente pelo Sisam. A decisão foi comunicada a todo o secretariado municipal, em uma reunião no gabinete do prefeito.

Lista de baixas

Postado em 9 de abril de 2020
  •  
  •  
  • 8
  •  
  •  

As saídas do vice-prefeito Adalto Gomes, do ex-vice-prefeito Roberto Vailati e da vereadora Maria Edésia “Déda” da Silva Vargas provocaram mais dissabores do que se supunha ao PT de Tijucas. Na mesma toada, a vice-presidente municipal do partido, Edilse Diaz Paninson Guerreiro, pediu desfiliação; e o presidente Diogo dos Santos renunciou o posto.

O secretário geral do PT tijuquense, Leandro Serpa, comunica que em breve a direção deve realizar uma assembleia para decidir sobre a recomposição dos cargos vacantes.