domingo, 3 de março de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Coração aberto

Postado em 31 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Rádio Clube 88,5 FM

O prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), de São João Batista, ainda não decidiu se concorrerá ou não, em outubro, à reeleição. O mandatário batistense, aliás, revelou nesta semana, em uma das raras entrevistas, as condições que definirão a candidatura ou a passagem de bastão.

Ao “Na Boca do Povo”, transmitido pela Rádio Clube 88,5 FM, Pedroca foi categórico: “Se um desses nomes for candidato, trabalho com o maior prazer para eles. Se não, não vou entregar para um candidato ruim”. A lista de opções, entretanto, é bastante grande e abrange, inclusive, adversários políticos.

“Tenho um compromisso com o Juliano Peixer. Ele é muito inteligente, politicamente sabe tudo. Seria um bom prefeito. Tenho o Alemão [Laudir José Kammer], da Via Scarpa, que seria um orgulho entregar a chave pra ele. Temos o Alyson [dos Santos], que confio muito. O próprio ex-prefeito [Daniel Netto Cândido], seria bom ele voltar também”, explicou.

Pedroca continua: “Tem o Felipe Lemos. Um guri novo, pra frente… mostrou sua capacidade. É valente, trabalha… começou do nada na política e já está sentado com o governador. Mário [Antônio Garcia Teixeira], Teodoro [Marcelo Adão], Elisandro [dos Santos], o Milson [da Silva]… todos pessoas boas.

PREDILETO

Publicamente, o prefeito classificou o radialista da Rádio Clube, Jonatam Cordeiro, como o seu predileto. “O meu preferido hoje, se chama Jonatam Cordeiro. Pra mim, seria um sonho te entregar a chave. Sei quem tu és. Estás 24h comigo em todas as situações dificeis de São João Batista. Pode ter certeza que eu estaria junto contigo, lutando contigo pra tu ser o prefeito”, disse, justamente ao apresentador do programa.

VICE ELOGIADO

“O Déi [Almir Peixer] tem um carisma, uma qualidade pra trabalhar… ele tem humildade, faz acontecer. Fala que tem vontade, mas não tem dinheiro. Eu digo: Déi, se tu tem vontade, luta por isso. Ele tem competência e mostrou pra cidade de São João Batista. Seria um bom canditado que eu trabalharia com o maior orgulho”, contou.

SAÚDE

O estresse constante do cargo é apontado pelo prefeito como o causador dos recentes problemas de saúde que vem enfrentando. A condição, inclusive, emociona o mandatário que, ao tratar do assunto, chora copiosamente.

“Não tá boa [a saúde]. Meus médicos dizem que o remédio não cura nunca o estresse. Eu sou forte, acredito que se eu não for candidato, não será pela doença. Mas porque vejo que tem tanta gente boa e com capacidade”, completou.

Destravado 

Postado em 29 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Os problemas com as intermináveis filas na rodovia BR-101, especialmente no trecho entre Porto Belo e Barra Velha, podem ser minimizados a partir de dezembro, anunciou, ontem, o prefeito de Bombinhas e presidente da Amfri (Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí), Paulo Henrique Dalago Muller (PSD). 

De Brasília, na sede da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Paulinho confirmou que neste último mês de 2023, a Arteris/Autopista Litoral Sul, empresa que administra a rodovia na região, iniciará os testes para a liberação do acostamento como terceira faixa, em determinados horários, às sextas, sábados e domingos. 

“Vamos ter uma solução. Esse destravamento vai diminuir, com toda certeza, os congestionamentos que deixam todo mundo fora do sério. Não é só a mobilidade, mas também uma questão de saúde”, celebrou o mandatário bombinense. 

Rusgas

Postado em 22 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo

Os novos alagamentos provocados pelas chuvas dos últimos dias provocaram, além de incontáveis problemas para os moradores de São João Batista, a queda da secretária de Assistência Social, Naldir da Silva Alexandre.

A agora ex-servidora enviou uma carta à prefeitura, na manhã desta segunda-feira (20), anunciando o pedido de exoneração. No documento, justifica que a decisão foi tomada por “razões pessoais”, mas sem detalhá-las.

Nos bastidores, há quem diga que havia um desgaste entre a secretária e o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB). Um novo desentendimento teria ocorrido, após os últimos temporais, e provocado a saída. Pois então?!

Solidário

Postado em 16 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O apoio recebido de inúmeras cidades catarinenses, em dezembro do ano passado, quando São João Batista enfrentou o maior evento climático de sua história, será retribuído, nesta semana, com o envio de equipes e maquinário para Taió, cidade do Alto Vale do Itajaí, que vive situação semelhante.

A ajuda foi autorizada pelo prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), após a Capital Catarinense dos Calçados superar os problemas das últimas semanas que, embora sejam muitos, são significativamente menores que os registrados em 2022.

Pedroca visitou Taió ontem para se colocar à disposição do município. Os voluntários batistenses devem iniciar a contribuição a partir deste início de semana.

“Essa força-tarefa trabalhou 10 dias incansavelmente aqui em São João Batista, dia e noite. Agora, cientes da ajuda que recebemos, vamos retribuir isso. Toda a infraestrutura e maquinário estará à disposição”, frisou o mandatário.

Três dentro, um fora 

Postado em 25 de julho de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Após três cancelamentos provocados por problemas administrativos, o Campeonato Municipal de Futebol Amador de Tijucas será retomado neste fim de semana. Um detalhe, entretanto, esquentou ainda mais a competição: a exclusão da Sociedade Desportiva e Cultural Itatiaia. 

A decisão foi tomada no início da tarde desta terça-feira (25), em reunião promovida pela Comissão Disciplinar da competição. Mais cedo, os representantes dos semifinalistas estiveram reunidos junto ao superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FME), Ezequiel de Amorim, e uma advogada do setor jurídico da prefeitura. 

O clube do bairro Oliveira entrou na Justiça comum para anular a suspensão de dois atletas, punidos por uma suposta participação em outro campeonato. Conforme o regulamento, qualquer clube que acionar o Poder Judiciário, independemente da causa, estaria automaticamente eliminado. 

Mais cedo, ao Blog, Amorim afirmou que a competição deveria ser encerrada dentro de campo e com a bola rolando. “O regulamento era claro. Fica mais bonito. Vamos fazer uma revisão do regulamento, ver o que podemos fazer. Mas, queremos a bola rolando. Os tijucanos querem, os times querem, os jogadores querem”, explicou. 

QUADRANGULAR 

Com a exclusão do Itatiaia, o Cervejão Futebol Clube está classificado para a final, mesmo sendo derrotado na partida de ida por 4 a 0. O jogo de volta, que estava marcado para sábado, no bairro Oliveira, está cancelado. 

União Esporte Clube e Associação AV 13 Esporte Clube se enfrentam no Estádio Cornélio Martins, no Porto da Itinga, neste domingo, determinando o segundo finalista do 31º Campeonato Municipal de Futebol Amador de Tijucas. 

Evento cancelado

Postado em 13 de julho de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Por pouco, São João Batista não foi governada, por 30 dias, pelo presidente do Poder Legislativo, Mário Antônio Garcia Teixeira (UNIÃO). Era, pelo menos, o plano do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), como forma de homenagem ao pai do vereador, Aurino Argemiro Teixeira, que foi vice-prefeito de 1989 a 1992 e de 1997 a 2000.

Pedroca cogitou a possibilidade como um presente ao ex-vice-prefeito, que vem enfrentando sérios problemas de saúde. O mandatário batistense entende que o Aurino Teixeira deu grande contribuição ao município, sobretudo à população através de causas sociais, em detrimento, inclusive, a projetos e negócios pessoais.

Por tantos feitos, ver o filho ocupar a cadeira da prefeitura seria uma forma de reconhecer e agradecer o empenho. Entretanto, a ideia não foi e nem deve ser colocada em prática, conforme apurado com exclusividade pelo Blog.

Presente de grego

O prefeito – único arquiteto do projeto -, pesou os prós e contras da ideia. Intimamente, chegou a conclusão de que poderia atrapalhar a carreira política de Mário Teixeira. Pedroca entendeu que entregaria a administração em um momento de sérias dificuldades, sobretudo financeiras, impedindo qualquer movimento do interino.

A falta de ações colocaria o vereador em situação delicada perante à comunidade, sofrendo pressões e críticas desnecessárias para o momento. “Para vir aqui dar apenas bom dia, sentar na cadeira e não fazer nada, não adianta”, explicou o prefeito.

Negativa do partido

Lideranças do MDB, inclusive, souberam da possibilidade e, rapidamente, procuraram o mandatário e externaram suas opiniões, todas contrárias à homenagem. Segundo um pássaro incolor, frases como “de jeito nenhum” e outras similares foram ditas na reunião.

Todas, todos e todes

Postado em 28 de março de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O termo “todes”, usado num documento durante uma convenção de Saúde realizada em Tijucas, gerou polêmica na semana passada. O tema foi debatido nas rodas de conversa do município, e movimentou, inclusive, os bastidores da política.

Um dos mais atacados foi, justamente, o comandante da pasta, secretário Vilson José “Tem” Porcíncula. Ele garante que sequer percebeu o emprego da linguagem neutra no ofício, e que se atentou unicamente à importância do evento para o município.

Ao Blog, com exclusividade, Tem explicou que o material veio pronto e foi entregue para outras 21 cidades que compõem a Granfpolis (Associação dos Municípios da Grande Florianópolis), mas que em nenhuma outra o assunto teve essa repercussão. “Quando consultei o departamento responsável, apenas me disseram que fui premiado com essa polêmica”, conta.

O secretário de Saúde pontuou, ainda, que não concorda com a propalada linguagem neutra, mas garante que considera a discussão desnecessária diante dos vários problemas na Saúde dos municípios. “Temos dificuldades. Aceito críticas quando são pertinentes. Mas isso, pra mim, é irrelevante”, concluiu.

O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), por sua vez, disse, também, que só tomou conhecimento do fato a partir da repercussão nas redes sociais e na imprensa local.

Indiferença

Postado em 21 de novembro de 2018
  •  
  •  
  • 21
  •  
  •  

No jargão popular, a Associação Congregação de Santa Catarina, que dirige o Hospital São José e a Maternidade Chiquinha Gallotti em Tijucas, cagou e andou para a comunidade, para a vereadora Maria Edésia da Silva Vargas (PT) e para a audiência pública de ontem. Não enviou representantes – sequer um comunicado formal – para a reunião que discutiu os problemas estruturais e administrativos das duas instituições.

Postura, no mínimo, controversa, uma vez que o hospital e a inativa maternidade têm o amparo de recursos públicos, dos impostos do contribuinte tijuquense. Desde que o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) assumiu a gestão do município, R$ 76 mil entram mensalmente, e religiosamente, na conta da associação.